sexta-feira, 27 de maio de 2011

Condiz com o momento.

É como se faltasse algo. Algo que nem eu mesma sei o que é.
Estou bem, estou vivendo, estou conseguindo sorrir diante de tantas
coisas ruins que vem acontecendo. Mas ainda dói. Eu sinto falta de um
pedaço de mim, pedaço que agora está bem distante. E não é certo tê-lo
de volta. Não é certo e eu não sou capaz de tê-lo. Seguimos direções
opostas e eu vejo que você está bem melhor assim. Mas adiantaria se eu
dissesse que eu era mais feliz com você ao meu lado? Adiantaria se eu
dissesse que você era o meu maior motivo para ser feliz todos os dias?
Falta você na minha vida, você bagunçou tudo, mudou tudo, trocou tudo de
lugar. E dói perder, dói ter que dizer adeus. Mas é o melhor a ser feito. Adeus
você, adeus. Adeus.
Créditos

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir